Entre tantas obras, selecionamos 10 séries com abordagem LGBTQIA+ para você conhecer e maratonar.

Sex Education (2019 – Presente)
Sinopse: Otis é um adolescente socialmente inapto que vive com sua mãe, uma terapeuta sexual. Junto com Maeve, uma colega de classe rebelde, ele resolve montar sua própria clínica de saúde sexual para ajudar outros estudantes da escola. A série aborda de forma fundamental e com naturalidade a educação sexual, tocando em questões como sexualidade, abuso, preconceito, descobertas entre outros assuntos.

Sense8 (2015 – 2018)
Sinopse: Oito desconhecidos passam a compartilhar sentimentos e habilidades enquanto tentam evitar seu extermínio. A série explora o relacionamento que estes desconhecidos começam a desenvolver, destacando seus sentimentos, ao mesmo tempo que eles precisam lutar contra o tempo para se defenderem.

Feel Good (2020)
Sinopse: a série aborda a vida de Mae Martin, que é uma humorista canadense que se mudou faz pouco tempo para Londres e está tentando se acostumar com a nova rotina. Além de começar um namoro, ela ainda precisa lidar com o vício em álcool e outras drogas. A série mostra os desafios do cotidiano de Mae em seus relacionamentos e em como continuar sóbria diante das dificuldades.

Transparent (2014 – Presente)
Sinopse: É uma série de comédia dramática e a história gira em torno de uma família de Los Angeles e suas vidas após a descoberta de que a pessoa que eles conheciam como seu pai Mort é uma mulher transgênero.

Queer Eye (2018 – Presente)
Sinopse: O reality show é um reboot  da série do canal Bravo, Queer Eye for the Straight Guy, apresentando um novo grupo Fab Five (5 fabulosos): Antoni Porowski, especialista em comida e vinho; Tan France, especialista em moda; Karamo Brown, especialista em cultura; Bobby Berk, especialista em design; e Jonathan Van Ness, especialista em cuidados pessoais. A cada episódio eles vão ajudar e transformar um novo escolhido. Eles possibilitam a transformação em vários quesitos, mais que um makeover eles promovem a recuperação da autoestima.

Euphoria (2019 – Presente)
Sinopse: Um grupo de estudantes do ensino médio lida com diferentes situações típicas da idade como drogas, sexo, busca pela identidade, traumas, comportamento nas redes sociais e amizade. A série aborda assuntos que ainda são considerados tabu de forma bem realista, natural e sensível.

Pose (2018 – Presente):
Sinopse: É uma série de televisão que aborda o cenário LGBT+ afro-americano, latino-americano da cidade de Nova York com a cultura ballroom nos anos 80 na primeira temporada e o início dos anos 90 (segunda temporada). Os personagens em destaque são dançarinos e modelos que competem por troféus e reconhecimento nesta cultura subterrânea e se apoiam em uma rede de famílias escolhidas conhecidas como Casas.

Gentleman Jack (2019 – Presente)
Sinopse: Situado em 1832 em West Yorkshire, Inglaterra, a série é inspirada nos diários de história verdadeira e codificados de Anne Lister e segue sua tentativa de revitalizar sua casa herdada, Shibden Hall. Mais notavelmente para o período, uma parte do plano de Lister é ajudar o destino de sua própria família, levando uma esposa. A homossexualidade era proibida no Reino Unido e a palavra “lésbica” ainda não havia sido criada. Mas Anne Lister, não combinava com as convenções da Inglaterra do século 19.

Orange is the New Black (2013 – 2019)
Sinopse: Baseada no livro Orange Is the New Black: My Year in a Women’s Prison (2010), memória criada por Piper Kerman, sobre suas experiências em uma prisão federal de segurança mínima. Além de ser focada em Piper como protagonista, a série conta a história de várias detentas, suas experiências antes da detenção e seu cotidiano dentro da prisão e seus relacionamentos.

Ru Paul’s Drag Race (2009 – Presente)
Sinopse: Idealizado e comandado por RuPaul o programa é um reality show do gênero de competição que procura o carisma, singularidade, coragem e talento de uma drag queen, a qual recebe o título de “America’s Next Drag Superstar”. O desafio principal é uma ou mais provas que podem ser realizadas individualmente ou em grupo. O programa também conta com uma banca de jurados que dão a sua opinião sobre os looks e performances dos participantes no desafio principal e auxiliam RuPaul no veredito final.