E chegamos ao fim de mais um dorama e seu triângulo amoroso que fez algumas dorameiras ficarem dividida entre o #teamSun-oh e o #teamHyeyeong. Depois do lançamento da continuação de Love Alarm, a segunda temporada, o que sobrou foi decepção.

Love alarm foi lançado em 2019 pela Netflix e tinha a promessa de ser um grande dorama com grande audiência, amado pelos fãs. A primeira temporada foi ótima, com um bom desenvolvimento que nos deixou esperançoso, ansioso para o grande final que iria agradar a maioria dos fãs e fazer toda a história valer a pena. Depois de quase 2 anos de espera, a segunda temporada foi lançada, porém o dorama se tornou uma história totalmente chata, com detalhes mal explicados chocando um total de zero pessoas.

Love alarm é sobre um aplicativo que toca quando alguém que gosta de você está a menos de 10 metros de distância. Esse aplicativo torna a sociedade dependente de tecnologia para confiar nos sentimentos dos outros e até os próprios sentimentos. Em meio a esse cenário há a história de Kim Jojo, Hwang Sun-oh e Lee Hye-yeong, o tão falado triângulo amoroso.

Na segunda temporada, kim jojo e Hye-yeong protagonizam um romance tão aleatório que ninguém sabe de onde surgiu, pois o final da primeira temporada e o início da segunda não se conectam e a série não explica bem como os dois chegaram a esse relacionamento. Os atores que os interpretam não tem nenhuma química e ele se transforma em um relacionamento monótono e superficial, que não parece ser de verdade. Tudo isso deixa o K-drama bem chato do início ao fim.

O final mostrou que quase nada do dorama valeu a pena, pois todo o romance continuou monótono e principalmente superficial, parecendo mais um amor unilateral do que duas pessoas que se amam da mesma forma. Um dos personagens mais queridos, o Su-Oh, não merecia aquele final, depois de tudo o que ele sofreu, essa segunda temporada não desenvolveu em nada a sua personalidade e seu comportamento.

Trecho do webtoon Love Alarm.

Sabe-se que o dorama Love Alarm foi inspirado em um webtoon de mesmo nome. Dessa forma, mesmo que o fato de Kim Jojo também tenha terminado com o Hye-yeong, a maneira como o romance deles foi desenvolvido no dorama não foi fiel ao quadrinho, prejudicando o comportamento de outros personagens como o Sun-oh. Além disso, a maneira como a problemática entre dos três foi resolvida no dorama foi pior do que a desenvolvida no webtoon. Portanto, se o final da série coreana tivesse sido do mesmo jeito que o final do quadrinho teria sido mais aceitável e a serie teria valido a pena de assistir.

Para não falar que nada do dorama realmente valeu a pena, duas tramas precisam ser destacadas. A primeira é a de Kim Jojo e a reconciliação com uma tragédia de infância, o qual a acompanhava por toda a sua vida, colocada de uma forma emocionante e muito tocante. Já a segunda trama é do desenvolvedor do Love alarm, Cheon Duk-gu e a inspiração do aplicativo, Park Gul-mi. A trama desses dois personagens salvou o dorama todo, principalmente a personagem Park Gul-mi que carregou todo o dorama nas costas.

Apesar de tudo, a trilha sonora e toda a fotografia do dorama impressionaram. Eles intensificaram a intensidade de algumas cenas e outras que aparentemente eram muito simples tiveram um significado maior.

Confira o trailer