O filme da Netflix traz uma performance excepcional do ator tão famoso pelas comédias de sucesso, porém de teor duvidoso. Aqui vemos o seu melhor em tela, drama, humor e m ritmo alucinante fazem de Jóias Brutas mais um acerto da Netflix.

Adam Sandler é um ator controverso, amado pela maioria do público e visto negativamente pela maioria dos críticos, o ator faz milhões com o seu estilo próprio de filmes. Porém, vira e mexe o ator comprova a sua capacidade profissional mostrando que pode fazer mais, Embriagados por Amor (2002), de Paul Thomas Anderson, é uma evidência clara do potencial do ator.

Jóias brutas é um desses filmes onde Adam Sandler mostra o melhor que tem a oferecer, na verdade eu diria que este é o melhor trabalho de toda a sua carreira profissional. O longa é dirigido pelos excelentes Josh e Benny Safdie e conta a história de Howard Ratner (Adam Sandler), um joalheiro de Nova York, muito carismático e viciado em jogos e trapaças.

Ratner é o típico homem comum que vai se afundando cada vez mais em seus erros e criando uma boa de neve que vai crescendo cada vez mais até ficar completamente descontrolada. Na trama, Howard está atolado em dívidas e segue fazendo trapaças aqui e ali para ir cobrindo as contas da forma que consegue, deixa de pagar uma coisa para pagar outra, pega um empréstimo para cobrir outro e assim sua vida vai ficando cada vez mais complicada.

O condutor de todo o longa é o Adam Sandler, Jóias brutas é um filme repleto de diálogos, o tempo todo tem mais de uma pessoa falando em tela, várias coisas acontecendo ao mesmo tempo, ângulos bem aproximados e claustrofóbicos e uma trilha que deixa tudo aquilo ainda mais incômodo. O filme é frenético e parece que nada para um segundo, o ritmo é agoniante e possui um senso de urgência gigante, mérito total da direção e da atuação do Sandler.

E por falar no Adam, sua missão nesse filme foi extremamente difícil e por isso merece ainda mais aplausos. O seu personagem, Howard, é um cara completamente errado, envolvido em vários crimes, enganador, charlatão, trai a esposa e não é um bom pai para os filhos, mas, ainda assim, para o filme dar certo era necessário que nós criássemos afeição por ele. E é aí que entra o carisma do Sandler e a capacidade que ele tem de interpretar aquele cara que comete erros, mas por dentro transpassa alguma bondade e por vezes até certa pureza em algumas coisas, causando a empatia do público.

Aqui nós sentimos a convicção de que os diretores sabiam exatamente a história que queriam contar e como contá-la. O ótimo uso dos espaços e sua relevância para a narrativa, o bom roteiro e a condução brilhante de Adam Sandler fazem de Jóias Brutas um filme literalmente de tirar o fôlego. Então corre para a Netflix que chegou o filme do Adam Sandler! Não mais um, mas O FILME do Adam Sandler.