Acho eu que todos já ouviram falar no Peter Pan, o menino que não queria crescer; seja pelos filmes da Disney ou pelas adaptações literárias. Temos sempre ênfase no Capitão Gancho, os meninos perdidos… Mas e as meninas? Jodi Lynn Anderson nos trouxe a história das duas personagens principais: Tiger Lily e Sininho, que também é a narradora do livro.

Ficha Técnica:

  • Título: Tiger Lily
  • Autora: Jodi Lynn Anderson
  • Tradutora: Claúdia Mello Belhassof
  • Editora: Morro Branco
  • Páginas: 316
  • Ano de lançamento: 2018

Sinopse: Tiger Lily não acreditava em histórias de amor ou finais felizes, até encontrar Peter na floresta proibida da Terra do Nunca. Diferente de todos que conhecia, ele era impulsivo, corajoso e fazia seu coração bater mais rápido. Mas como líder dos Garotos Perdidos, os mais temíveis habitantes da ilha, Peter era também uma escolha improvável para Tiger Lily. Ainda assim, ela logo se viu arriscando tudo – sua família e seu futuro – para estar com ele. Com tantas diferenças ameaçando separá-los, o amor dos dois parece condenado. Mas é a chegada de Wendy Darling que leva a menina a descobrir que os inimigos mais perigosos podem viver dentro dos corações mais leais e amorosos.

O livro é a releitura do clássico Peter Pan, escrito por J.M. Barrie em 1911. Porém, dessa vez estamos entrando em território desconhecido, a partir de seus personagens e ideia originais, Jodi Lynn produziu um romance único, onde o amor e a tragédia andam lado a lado.

Mas, quem é Tiger Lily?

Tiger Lily é a jovem que foi salva e cresceu na tribo dos Comedores de Céu, criada pelo Xamã Tic Tac, uma garota que, não se importava em seguir à risca os costumes do grupo mas os respeitava. Certo dia seu caminho cruza com o bando de garotos órfãos liderado por Peter e dali nasce uma amizade que vai se transformar em amor. Mas o destino é bem mais complicado do que pensamos! A jovem guerreira já está prometida para alguém da tribo, ao mesmo tempo que coloca a Wendy no coração de Peter.


Peter Pan e Tiger Lily. Arte de Pocketowi.

Ao longo da leitura você percebe a essências dos sentimentos puros e nores, e em contrapartida que a vida tem seu lado cruel. Traz o toque da inocência de dois jovens corações que enfrentam pela primeira vez sentimentos e dilemas desconhecidos e precisam aprender a como crescer e amadurecer. É uma leitura para jovem adulto, por ter alguns trechos um pouco pesados, explorando o trágico da vida em decepções amorosas, traições, manipulações e na própria crueldade da natureza humana que nos faz mudar de atitude sem nem pensar direito. Mas sentimos o gostinho das aventuras e desbravamentos, como em Peter Pan.

Jodi Lynn Anderson é autora best-seller do New York Times. Mora com seu marido, filho e um cão melodramático em Asheville, Carolina do Norte, uma cidade que parece ter sido fundada por elfos. Enquanto crescia, morou em uma infinidade de lugares ao redor do mundo, mas seu verdadeiro lar durante a infância foi uma cidade ao norte de Nova Jersey, onde passou muito tempo caminhando pela floresta com seu gato, olhando as nuvens e brincando de faz de conta.